quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

HOMENAGEM AOS MESTRES



HOMENAGEM AOS MESTRES

                                                                                           Curitiba/PR, 18/12/2009


            Inicio esta homenagem aos professores do curso de Filosofia da PUCPR me apropriando das palavras do discípulo de Sócrates, Xenofonte, que no final de sua obra Apologia de Sócrates escreve:


Quando reflito na sabedoria e grandeza de alma deste homem (professores), não posso deixar de acordar-lhe a memória e a esta lembrança juntar meus elogios. E se dentre os enamorados de virtude alguém houver que haja privado com homem mais prestante que Sócrates, reputo-o o mais venturoso dos mortais (XENOFONTE, p. 173).


                        A VOCÊS QUE NOS DERAM TANTOS ENSINAMENTOS E NOS ENSINARAM A VIVENCIÁ-LOS COM DIGNIDADE, NÃO BASTARIA UM OBRIGADO.
                        A VOCÊS QUE NOS ILUMINARAM OS CAMINHOS OBSCUROS DA FILOSOFIA COM AFETO E DEDICAÇÃO PARA QUE CAMINHÁSSEMOS SEM MEDO E CHEIOS DE ESPERANÇA, NÃO BASTARIA UM MUITO OBRIGADO.       
                        A VOCÊS QUE SE DOARAM INTEIROS E RENUNCIARAM A MUITOS DE SEUS SONHOS PARA QUE, PUDÉSSEMOS REALIZAR OS NOSSOS SONHOS NÃO BASTARIA UM MUITÍSSIMO OBRIGADO.
                        A VOCÊS, CAROS MESTRES POR OPÇÃO, CONSCIENTES DE SUA PROFISSÃO E QUE POR AMOR A ELA NÃO DISSERAM NÃO, NÃO BASTARIA DIZER QUE NOS FALTAM AS PALAVRAS PARA AGRADECER TUDO ISSO.
                        MAS, O QUE NOS ACONTECE AGORA? PROCURAMOS SOFREGAMENTE UMA FORMA VERBAL PARA EXPRIMIR UMA EMOÇÃO IMPAR.   EMOÇÃO ESTA QUE SIMPLES PALAVRAS TRADUZIRIAM.
                        QUANTAS VEZES NOS DESPEDIMOS NÃO MAIS QUERENDO RETORNAR À FAMILIAR CADEIRA DA SALA DE AULA. PORÉM, A VONTADE DE APRENDER FOI SOBERANA, PORQUE, SE A SIMPLES PRESENÇA DE VOCÊS ANUNCIAVA QUE CHEGARAM ATÉ ALI, É PORQUE NÓS TAMBÉM PODERÍAMOS CHEGAR.
            ESTÁVAMOS APENAS INICIANDO A LUTA POR NOSSO IDEAL E NÃO PODÍAMOS PARAR, PORQUE PRECISÁVAMOS ARQUITETAR NOSSO CASTELO DE ETAPAS VENCIDAS.
            QUANTAS VEZES VOCÊS FORAM A FORÇA, A PACIÊNCIA, O ACALENTO?
            HOJE ESTAMOS FELIZES PORQUE VENCEMOS, E VENCEMOS JUNTOS MAIS UM DESAFIO EM NOSSAS VIDAS. DESAFIOS ESTES QUE DEUS NOSSO FILÓSOFO MAIOR NOS PERMITIU PODERMOS ENFRENTÁ-LOS.
            CARÍSSIMOS MESTRES QUE FIZERAM DE SUA MISSÃO MUITO MAIS QUE PURA DEDICAÇÃO, DE NOS TRANSMITIR O MELHOR DE SI, NÃO IMPORTANDO COM AS DIFICULDADES OU ABISMOS QUE ÀS VEZES A VIDA NOS IMPÕE.  ALÉM DAS TEORIAS, CONCEITOS E TÉCNICAS, HAVEMOS DE SER ETERNAMENTE GRATOS.
            HOJE ESTAMOS NASCENDO PARA UM MUNDO NOVO, NÃO MAIS NECESSITANDO DE MÃOS PROTETORAS, MAS DE MÃOS QUE COLHAM OS BROTOS DAS SEMENTES POR VOCÊS PLANTADAS.
            SEI QUE AGORA CAMINHAREMOS POR ESTRADAS DIFERENTES, MAS CONSOLA SABER QUE AS RECORDAÇÕES NOS ABRAÇAM.  NÃO HÁ DESPEDIDAS ENTRE MESTRES, CARREGAMOS VOCÊS NO MAIS PROFUNDO DE NÓS, ISTO É, DENTRO DE NOSSOS CORAÇÕES, RETRATANDO A TUA IMAGEM, MESTRE. COMO DIZIA FERNANDO PESSOA O SONHO É VER AS FORMAS INVISÍVEIS DA DISTÂNCIA IMPRECISA, E COM SENSÍVEIS MOVIMENTOS DE ESPERANÇA E DE VONTADE, BUSCAR NA LINHA FRIA DO HORIZONTE A ÁRVORE, A PRAIA, A FLOR, A AVE, A FONTE, OS BEIJOS MERECIDOS DA VERDADE”
POR FIM, TERMINO ESTA HOMENAGEM REFLETINDO O POEMA DE BAUDELAIRE EM As flores do mal que se chama NUnca mais esqueci da cidade vizinha.  
BEM, A CIDADE VIZINHA SE REMETE A UM POEMA DE BAUDELAIRE À MARIETTE UMA CRIADA QUE CUIDOU DELE QUANDO CRIANÇA. MAS O QUE É UMA CIDADE VIZINHA? É UM TERRITÓRIO DESTERRITORIALIZADO QUE NÃO COMPORTA DISTÂNCIA, MAS SE APARTA E QUEM VISITA É VISITADA... COMO O PROFESSOR QUE VISITA O ALUNO E O ALUNO QUE VISITA O PROFESSOR PARA AMBOS SE TORNAREM UMA CIDADE SÓ.
    Nunca mais me esqueci da cidade vizinha ...... (p. 363)


MUITO OBRIGADO DA TURMA DE FILOSOFIA, FORMANDOS DE 2009.     
                  

4 comentários:

VIVIAN disse...

OI CHARLES, AO RELER ESTA HOMENAGEM FEITA AOS PROFESSORES NA SUA FORMATURA, ME REPORTEI PARA LÁ, AQUELA NOITE AGRADAVEL E ESPECIAL. ME LEMBRO DAS EXPRESSOES DOS PROFESSORES ENQUANTO VOCE DISCURSAVA. FOI EMOCIONANTE PARA MIM COMO PLATEIA, COMO EXPECTADORA E COMO SUA IRMA.
ADOREI RELER O TEXTO. AI QUE SAUDADES DE CURITIBA!
BJ VIVI

elizabeth disse...

EU QUE O DIGA!!! NUNCA SEGUREI TANTO AS LÁGRIMAS... DEUS TE GEROU E EU TE CRIEI (ATÉ 2005).AGORA O MUNDO PRECISA DE VOCÊ. E QUE SEJA FEITA A VONTADE DE NOSSO PAI!!!!ELE SEMPRE SABE O QUE FAZ...
Elayza

erikinha disse...

MUITO LEGAL,E EMOCIONAMTE...

Anônimo disse...

geghheyfsyz hfbfgysywfgauyfg efgug8F ftUtfYfowdQwn wyfgsy fdtodfq2et egu eyqtt wdx\hiw ytgwTYTEW GSDHGWR YWTF7BFYgytf8sfyudg ygfyefuhfggf